Em 29 de julho, a comissão do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), que detectou diferenças no pagamento do adicional, recebeu da Infraero os arquivos contendo a consolidação dos dados referentes à correção nos cálculos de horas noturnas trabalhadas a partir de abril de 2008.

A comissão verificou que a grande maioria, cerca de 87% dos trabalhadores que trabalharam em período noturno, faz jus ao recebimento de diferenças, cuja forma de pagamento negociada entre a direção do Sina e a Infraero, em reunião que deve ser agendada nos próximos dias. Em breve, novas informações sobre esse assunto serão divulgadas no site.